Cadela esfomeada e coxa guia os seus salvadores ao longo de 3km até aos seus cachorrinhos

3 quilómetros de amor

Partilhar no Facebook
6,414 6.4k Partilhas

LiannePowel, uma rapariga de Almeria, Espanha, estava a caminhar pelo mercado de Vera quando viu uma cadela, galgo, subnutrida e com uma pata partida. Foi então que utilizou o seu telemóvel para telefonar para a sua amiga Ellen Sobry, a responsável pela clínica veterinária Turré.

As duas amigas levaram a cadela até à clínica para que essa pudesse ter assistência médica e que a sua pata pudesse ser concertada o melhor possível. Fizeram-lhe uma radiografia para ver em que estado estava o seu osso,e depois colocaram-lhe talas e estabilizaram-lhe a pata. Foi nessa altura que repararam num enorme detalhe que lhes tinha passado ao lado: a cadela estava a lactar, o que significava que os seus cachorrinhos tinham que estar em algum lado. 

Assim, começaram as buscas pelos cachorros; decidiram começar por levar Vera, o nome que atribuíram também à cadela, ao sítio onde tinha sido encontrada, para ver se ela as guiava ao local onde estavam os seus filhotes. Ainda que houvesse a possibilidade de transeuntes terem simplesmente pegado e levado os cachorros, o que, segundo as mulheres, é algo frequente na zona.

A cadela galgo guiou as mulheres pela cidade e pelo campo, até um lugar com casas abandonadas. Após cerca de 3 km a caminhar com a sua pata magoada, finalmente se depararam com algo inesperado.

Escondidos no assento traseiro de um carro abandonado, no meio de um campo, encontraram não um, não dois, não três, mas sim 10 cachorrinhos! Vera tinha-as guiado passo a passo ao longo de um caminho extenso até lhes revelar onde tinha escondido os seus pequenitos.

É incrível a confiança que os cães desenvolvem nas pessoas que os ajudam. Agora, Vera vive num lugar provisório com os seus cachorros até que lhe encontrem um lugar definitivo. Vejam quão querida ficou na foto, junto aos seus filhotes, pouco tempo depois de ter sido resgatada das ruas.

Oxalá existissem mais pessoas como estas raparigas, que decidiram “perder” algum do seu tempo e “gastar algum do seu amor para salvar Vera e a sua família gigantesca. Um aplauso para elas!

Partilhar no Facebook
6,414 6.4k Partilhas

Fonte: nolocreo · Crédito foto: nolocreo