Casados: Lurdes pede 20 euros a António... Ele reage mal e a conversa azeda

António não gostou que Lurdes lhe tivesse pedido dinheiro emprestado

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

António e Lurdes estão a  gozar da sua lua de mel no Egípto e no primeiro dia foram visitar as pirâmides. Esta tudo bem calmo com o casal, até a mulher decidir comprar um chapéu de 20 euros, pedindo dinheiro emprestado ao marido.

António não gostou do pedido e por isso existiu uma pequena discussão:

 «Nas pirâmides houve realmente uma fricção, um desentendimento, talvez provocado pelo calor intenso (…) Ela podia pensar um bocadinho, 20 euros por um chapéu? Fiquei passado, pronto», comenta, mais tardes, António nos depoimentos.

«Houve ali um arrufozito, uma coisinha insignificante, nem gosto dessas coisas. Tentei dizer-lhe que não era assim e ele parece que não estava a gostar. Às vezes parece que não ouve assim muito bem. Ficou exaltado, mas depois passou-lhe logo. Como não gosto dessas coisas, fiz questão de lhe dizer que sim, que tinha razão», refere Lurdes.

O homem de 65 anos explicou que não gostou que ela lhe tivesse pedido dinheiro emprestado «Tenho dinheiro, mas quando inicio uma relação não gosto de ser chulo nem otário. É logo assim, em português correto. Defino logo! Não se vão aproveitar de mim nem vão viver à minha sombra». 

Outros artigos:

Troca de casais! Farto de ser maltratado, Paulo troca Ana Raquel por Lurdes

Nesta segunda edição do programa "Casados à primeira Vista", vai acontecer algo inédito: Uma troca de casais.  Depois de muitos conflitos, alguns insultos  Ana Raquel e Paulo e Lurdes e António vão decidir terminar as suas relações.

No entanto Paulo quer continuar a tentar encontrar o amor e por isso pediu aos especialistas para se manterem nesta experiência, ao lado de Lurdes.

"A Lurdes ficou surpreendida, mas como também queria muito manter-se, aceita de imediato", contou uma fonte à mesma publicação, acrescentando:

 "Mas não havia nada entre eles antes. Foi mesmo uma tentativa, para verem o que aconteceria. Eles no jantar percebem que têm muitos pontos em comum, idades parecidas, vivem perto...".

Lurdes e Paulo recomeçam então a experiência juntos, como "candidatos a namorados".

“Casados à Primeira Vista”: Os comentários pouco simpáticos da mãe de Anabela sobre Lucas

O último episódio do programa "Casados à primeira Vista" fiou marcado pelas palavras menos agradáveis de Conceição sobre o noivo que foi escolhido para a filha.

Se por um lado, Anabela e Lucas estavam entusiasmados com o primeiro contacto que tiveram um com o outro, o mesmo não se pode dizer do que aconteceu com a mãe da noiva, que não "gostou" do jovem. 

Enquanto a cerimónia decorria em Reguengos de Monsaraz, Alentejo, Conceição fez uma série de comentários que mostraram bem o seu desagrado. 

É pequeno! Ela gosta deles altos“, foi a primeira observação relativa a Lucas. 

Não ficado por aqui, a "sogra" continuou: “Mas é brasileiro?”, perguntou depois de saber o nome do noivo. Depois de os votos terem sido trocados, voltou a dirigir-se a quem estava a seu lado: “É feio que nem um trovão”. Já no momento do primeiro beijo, e perante a atitude da noiva ter dado a testa ao noivo em vez da boca, Conceição reagiu: “E já vais com muita sorte”. 

Micael, o melhor amigo de Anabela, tentou apaziguar a situação: “Não é assim tão feio. Não metas defeitos. pode ser fofinho…” 

Vítor Hugo, não é agricultor! Mas sim advogado! Saiba porque mentiu

Vitor Hugo, casou com a mana Inês Santos e na sua apresentação no reality Show da SIC afirmou ser agricultor. No entanto os eu pai Arlindo Dias, 72 anos de idade desmascarou o filho.

O concorrente não é agricultor, mas sim um um advogado com escritório na Amareleja e autarca, deputado municipal do concelho de Mourão, eleito pelo PSD.

O concorrente é um homem de alguns segredos e polémicas: Em 2018 encetou uma batalha contra uma família de etnia cigana.

"A família perturbadora ronda os 15 elementos. Esta insegurança... E eu não quero de forma alguma parecer xenófobo, quero apenas e só constatar uma realidade", pode escutar-se num podcast do advogado, gravado pelo Diário Campanário, onde recorda ainda estar a falar "de um concelho onde mais de 10 por cento da população é de etnia cigana".

E as polémicas não se ficam por aqui. Também em 2018, Vítor Hugo concorreu à função de Delegado Técnico Tauromáquico (Diretor de Corrida), viu o concurso ser anulado por Graça Fonseca, a ministra da Cultura, e processou-a.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: www.tv7dias.pt · Crédito foto: www.tv7dias.pt