Famosos : Gil Sousa suicidou-se mas antes pediu ajuda... e ninguém o ouviu!
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Gil Sousa suicidou-se mas antes pediu ajuda... e ninguém o ouviu!

O pedido de ajuda que não foi ouvido

Publicado por Vamos lá Portugal em Famosos
Partilhar no Facebook
1,931 1.9k Partilhas

Gil Sousa suicidou-se mas antes pediu ajuda... e ninguém o ouviu!

A noticia que o joelheiro Gil Sousa tinha acabado com a sua vida de uma forma violenta apanhou todos de surpresa, no entanto o joelheiro tinha dado um alerta de que algo não estava bem, que estava a sofrer mas não foi "ouvido".

Na véspera da sua morte o joelheiro usou uma entrevista antiga do chef Ljubomir Stanisic para mostrar que algo não estava bem consigo.

"Quando estás mal é que percebes quem são os teus amigos. Quando estamos bem toda a gente é nossa amiga, quando abrimos uma garrafa de champanhe toda a gente quer bebê-la connosco, mas quando estás sentado num lago de merda até ao nariz, raramente alguém vai entrar lá de joelhos e dar-te a mão para te tirar de lá", afirma Ljubomir Stanisic no vídeo em conversa com Daniel Oliveira, no Alta Definição, da SIC.

A mensagem parece retratar o que ele estava a viver. Solidão, tristeza e  precisar de ajuda. Dias depois o joalheiro não aguentou  angustia em que vivia e terá tirado a própria vida de forma violenta

Mais sobre a morte de Gil Sousa:

Estilista e joalheiro Gil Sousa põe fim à vida

Faleceu Gil Sousa, aos 48 anos. A revista FLASH confirmou que se tratou de suicídio e  aconteceu na sua casa, no Porto.

A notícia foi avançada por Sandrá Sá, amiga próxima de Gil Sousa.

"Ainda estou cáustica meu amigo...! 

Mas lembrarei sempre a ternura das tuas palavras! Ainda que, não aceitando a atititude, mas tentando entender o sentimento insuportável que carregavas de um quadro desolador concluo : "Por vezes o impulso que nos direciona à vida é sobrepujado pelo impulso que nos direciona à morte"... Momento de silêncio e reflexão para todos que te conheceram : - Estaremos todos tão distantes que não conseguimos ajudar quem nos está proximo ?!  - Estaremos tão concentrados nos próprios umbigos que não vemos os alertas dos que nos rodeiam?! - Estaremos todos tão preocupados com a imagem mas não vemos um palmo á frente dos nossos narizes!  - Desconhecemos o tamanho da dor que carrega aquele a quem chamamos de amigo ?!  - Somos todos tão escravos do dinheiro que ele conta mais que a vida humana ?! - Será que as pessoas pesam a maldade dos seus comportamentos, comentários e julgamentos? e onde fica a noção e a sensibilidade humana das consequências na fragilidade mental do proximo? 

E terminar com um recado de respeito á tua memória :  - Poupem aqueles que dele gostavam da hipocrisia de vêrem agora nas redes sociais, fotos e palavras de consternação de quem só denegriu sua imagem ! pf 

RIP"

Conhecido por fazer anéis, colares e brincos para famosos, o criador atravessava graves problemas económicos, tendo sido declarado insolvente.

A morte do joalheiro acontece quatro anos depois de ter declarado insolvência, depois de uma das empresas em que era sócio-gerente ter falido, deixando dívidas de milhares de euros. Atualmente, Gil Sousa estava a lançar o seu novo projeto, Luck69, que descrevia no Facebook como "novo conceito de joias em prata jovem para todas as idades".

Um ano e meio antes, Gil mudara-se para o Brasil com a namorada da altura, Diana Sofia para, segundo a própria, "fugirem aos efeitos da crise no negócio".

Regressou a Portugal no início do verão e estava a lançar o seu novo projeto, a  Collection Luck69.

O João Miguel Libério, amigo próximo de Gil, revelou: "Ele era uma pessoa boa, uma pessoa muito generosa. É muito difícil entender isto".

Gil Sousa era muito acarinhado por todos no mundo dos famosos, e as suas joias eram usadas por atrizes como Alexandra Lencastre, Margarida Marinho, Maria João Luís e Núria Madruga.

Gil Sousa deixou 2 filhos, do seu casamento com Olga Mendonça: João, de 19 anos, e Ricardo, de 17.

Partilhar no Facebook
1,931 1.9k Partilhas

Fonte: www.flash.pt
Crêdito foto: www.flash.pt

Goste/partilhe