Luciana Abreu vive momentos de tristeza

O que se passa com Luciana?

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Luciana Abreu vive momentos de tristeza 

A revista TV Mais tem fotos exclusivas de Luciana Abreu num almoço com a sua amiga Ana Micaela e as duas filhas mais velhas  Lyonce e Lyannii.

A atriz esteve o tempo todo com um rosto carregado e sem ser capaz de “esboçar um sorriso”.

 A publicação avança que esta tristeza pode estar relacionada com a  proximidade de decisões importantes na sua vida, já que a sessão em tribunal relativa à guarda das filhas com as quais se encontrava está agendada para o próximo dia 12 de setembro.

Outros artigos:

Luciana Abreu afirma que nunca mais voltará a casar

Luciana Abreu confessou que nunca mais voltará a casar. A cantora tem dois processos em tribunal devido à guarda das filhas, fruto dos relacionamentos com Daniel Souza e Yanick Djaló.

Verdade é que a cantora não parece disponível para mais relacionamentos dado ter feito um directo nas redes sociais para os fãs onde confessa que já não acredita no amor. Luciana disse ainda que “não caso nunca mais na minha vida com mais ninguém… só comigo, só comigo”.

Também recentemente Luciana Abreu revela que não irá dar mais nenhuma oportunidade a Yannick Djaló para que o jogador possa estar com as filhas.

A artista revelou que “Entrego ao poder da lei a jurisdição dos direitos e deveres do senhor Djaló relativamente às minhas filhas».

Aparentemente, a actriz aceitou levar as filhas de ambos, Lyonce, de oito anos, e Lyanni, de sete, a casa do pai. A psicóloga que acompanha as meninas sentiu que a mais velha, que mostrava vontade de estar com o pai, estava preparada para passar um fim de semana com o progenitor: «A Lyonce era para ficar com o pai, na casa da Moita, de sexta até segunda de manhã. Mas, entretanto, o advogado dele disse que afinal ele queria estar com elas no sábado, entre as 16h e as 19h. Só», lê-se.

Luciana Abreu estava à porta do futebolista à hora marcada, mas o jogador não se encontrava, estando já em Moçambique, como lhe explicou João Ronaldo, irmão de Djaló, à entrada da moradia. De facto, existem fotografias que mostram o momento em que os dois se cruzam. Luciana Abreu abraça o ex-cunhado, mas este parece não ter reação.

O tio das crianças garante que nada estava combinado e Djaló não sabia que as filhas o iam visitar: «Estava a chegar do meu estágio e elas estavam ali. Assim que me aproximei, a Luciana abraçou-me… Como se nada fosse! Estranhei aquela atitude, uma pessoa que nem quando a minha irmã faleceu enviou uma mensagem a dar as condolências agora estava a agir assim», conta o jovem.

«O meu irmão considerou que a Lyonce passar o fim de semana em sua casa seria uma situação muito agressiva para a menina e, além disso, não tem uma filha, tem duas.

Ele não quis, de forma nenhuma, deixar cair por terra a oportunidade de estar com as meninas e pediu ao advogado que, em resposta à proposta apresentada inicialmente, sugerisse antes um encontro de algumas horas, para darem um passeio, irem a um jardim, de forma a que a aproximação fosse gradual entre eles, uma vez que estão afastados há dois anos (…) A verdade é que não houve resposta da outra parte a esta sugestão enviada pelo advogado do meu irmão», revela.

Ao dar conta que o pai não estava presente, Luciana disse às filhas: «Estão a ver meninas, assim não posso fazer nada», garante João Ronaldo.

«Custou-me muito assistir a isto, porque ela transmite claramente às filhas a ideia de que o meu irmão não mostra interesse ou vontade em estar com elas… E é exatamente o oposto! Parece que estava a armar uma cilada», disse o irmão de Yannick Djaló.

Luciana vai mais longe e afirma mesmo que: «O senhor Djaló não só é péssimo pai, como não se importa em providenciar o bem-estar das filhas, contribuíndo com o que legalmente o tribunal obriga.

Sempre faltou aos encontros marcados para ver as filhas.Lamento muito profundamente que um dia o senhor Djaló possa ouvir as minhas filhas chamarem-lhe pai. E se alguém ainda tiver pena dele, nomeadamente jornalistas, que o levem para sua casa. Pois mais uma vez está desempregado e pode precisar de ajuda», afirma.

À mesma publicação, a artista revela que sustenta as quatro filhas «com muito trabalho, dignidade, sacrifício e acima de tudo a ajuda de Deus».

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: www.atelevisao.com · Crédito foto: www.atelevisao.com