Luís Aleluia rejeitou os filhos adotivos

Ator faz confissão emocionante

Partilhar no Facebook
418 418 Partilhas

Luís Aleluia não teve uma infância fácil. Aos 10 anos foi entregue à casa do Gaiato por sofrer violência doméstica. Anos mais tarde a mãe foi busca-lo mas as recordações de uma infância dificil ficaram para sempre marcadas.

Em adulto Luís voltou a reviver o drama da adopção quando decidiu tirar dois irmãos de uma instituição: João e José, os seus filhos. 

O ator confessou que pensou em desistir do processe depois de ter estado a primeira vez com as crianças:

"Quando os vi tive um medo imenso e uma rejeição. Não por eles mas pela minha incapacidade e por pensar que eles podiam estar melhor com outros. Hoje em dia digo que não adotei ninguém. Eles é que me adotaram. Eu é que tinha necessidade dos afetos."

No dia em que os conheceu: "Vi uma figurinha a correr para mim, a agarrar-me e a dizer: 'Mano, vamos que o pai já chegou'. Foi a primeira vez que me chamaram pai", revelou. 

Foi ai que as dúvidas se instalaram:"Chegamos ao hotel e chorámos. No outro dia procurei uma igreja porque precisava daquela paz. Quando cheguei à instituição outra vez disse que já não os queria. Ficaram todos apavorados. Fui ter com a psicóloga que me peguntou o porquê e eu respondi que não estava preparado para assumir essa responsabilidade. E ela disse-me: 'Um pai que manifesta essa preocupação, vai ser um grande pai!".

Partilhar no Facebook
418 418 Partilhas

Fonte: www.flash.pt · Crédito foto: www.flash.pt