Renato Seabra já tentou suicídio 2 vezes

Amigo de Renato revela dramas vividos pelo jovem

Partilhar no Facebook
4,750 4.8k Partilhas

Renato Seabra tem de enfrentar a prisão pelo menos durante mais 18 anos pela morte do cronista social Carlos Castro.

Diogo Costa que se intitula o melhor amigo de Renato confessa que já o visitou 2 vezes e troca correspondência frequentemente com o jovem. 
Na cadeia a vida de Renato não tem sido fácil:

 "Já se sabe como é que são aquelas prisões, não é como cá. Há muitos ataques, problemas, é um meio muito hostil. No caso do Renato, creio que também já lhe aconteceu ser incomodado, mas isso acaba por ser normal num local daqueles".

"O Renato tentou matar-se duas vezes. A primeira vez foi logo nos primeiros dias, depois de ser preso. A outra foi agora, há menos tempo. Nunca quis explorar muito isso, nem fazer muitas perguntas, porque sei que é difícil tanto para ele como para a família, mas creio que usou lâminas, utensílios de barbear."

"O Renato não está arrependido porque nem sabe bem o que fez. Aquilo foi uma coisa que lhe passou naquela momento pela cabeça e que deve ter sido provocada por algo de muito grave. Porque o Renato nunca foi violento, nunca o vi, sequer, a ter uma discussão mais forte." 

Para Diogo,  Renato "está estabilizado mas tem altos e baixos emocionais. Ele não fez aquilo de livre vontade, estava debaixo de um problema psicótico, mas não é um psicopata, que volte a matar"

Partilhar no Facebook
4,750 4.8k Partilhas

Fonte: www.flash.pt · Crédito foto: www.flash.pt