Famosos : Roberto Leal faz confissões sobre o cancro
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Roberto Leal faz confissões sobre o cancro

Cantor fala pela primeira vez após tornar publico que está donte

Publicado por Vamos lá Portugal em Famosos
Partilhar no Facebook
182 182 Partilhas

Roberto Leal faz confissões sobre o cancro

Depois de tornar público que está cego de um olho e que luta contra um cancro, Roberto Carlos deu a sua primeira entrevista em Portugal, a Manuel Luís Goucha.

Há cerca de dois anos o cantor que nasceu em Trás-os-montes descobriu um melanoma. Começou por sentir dores nas costas e na perna direita. Desde então já foi operado três vezes, neste comento está a realizar tratamentos: «Houve uma altura em que pensei que tinha de acreditar em tudo o que sempre acreditei, ou ia desistir», disse Roberto Leal sobre como reagiu ao cancro que lhe foi diagnosticado há dois anos e que fez questão de não revelar publicamente. «Se eu falar antes [de se curar], eu mato muitas pessoas comigo, que também estão fazer tratamentos», revelou o cantor.

Para piorar a situação o cantor deixou de ver numa das vistas: «Já não vejo nada da vista direita», relatou. «Comecei a ver com os olhos da alma», completou ainda o cantor.

Roberto Carlos revelou mais uma vez não ter medo de morrer:«Márcia Lúcia, a minha companheira de 42 anos, disse: ‘Roberto. como é que aceitas tão resignado e só com oração esta doença?’. Aceito porque acredito que o que for decidido por Deus é o melhor para mim. Se eu realmente cheguei a esta situação, se este caminho é o único possível, eu não tenho escolha, mas voltar para atrás, não. Isso é próprio de alguém que sabe que há uma luz no fim do túnel. Eu sei e tenho certeza que o amor vencerá toda a dor», conta.

Outros artigos:

Drama: Roberto  Leal doente com cancro, já está cego de um olho

Roberto Leal escondeu durante dois anos que lutava contra um cancro. Em declarações à TV Record, o cantor quebrou o silêncio. Tudo terá começado com fortes dores nas costas que se estendiam para a perna direita:"Tinha hora que eu não sentia do joelho para baixo e ela foi subindo até uma hora que eu não conseguia ficar em pé".

Seguiram-se sessões de acupuntura para aliviar as dores, mas sem sucesso. Fez exames onde se descobriu que Roberto Leal era "portador de um melanoma. Faz imunoterapia [para ativar o sistema imunitário], em ciclos de 21 dias, que está a evoluir de uma maneira muito positiva", comentou o médico do músico, Renan.

Dois anos depois do início dos tratamentos, com 10 sessões de radioterapia, Roberto diz que está "melhor do que nunca", mas ficou com a visão afetada devido a duas cataratas, já não vê do olho direito. "O máximo que pode acontecer é eu ficar com 30 a 40% de visão", comentou

Apesar destes graves problemas de saúde, não tem medo da morte: «Não! Não mesmo porque, Márcia Lúcia, a minha companheira de 42 anos disse: ‘Roberto como é que aceitas tão resignado e só com oração esta doença?’. Aceito porque acredito que for decido por Deus é o melhor para mim. Se eu realmente cheguei a esta situação, se este caminho é o único caminho possível, eu não tenho escolha, mas voltar para atrás, não. Isso é próprio de alguém que sabe que há uma luz no fim do túnel. Eu sei e tenho certeza que o amor vencerá toda a dor».

Partilhar no Facebook
182 182 Partilhas

Fonte: www.novagente.pt
Crêdito foto: www.novagente.pt

Goste/partilhe