Notícias : Bruno Garcia matou a mulher porque “o lugar dela era em casa”
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Bruno Garcia matou a mulher porque “o lugar dela era em casa”

Vítima de violência doméstica mais recente em Portugal perdeu a vida ontem

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
7,367 7.4k Partilhas

Bruno Garcia matou a mulher, com quem tinha dois filhos. Eles estiveram juntos 12 anos. 

A companheira de Bruno Garcia, que apesar do nome aparentar ser português tinha nacionalidade francesa, era "completamente apaixonada" por ele, apesar dos maus-tratos que começaram por ser psicológicos, mas que rapidamente se tornaram físicos.

"As agressões viriam mais tarde", disse uma amiga da vítima, acrescentando que Julie se queixava frequentemente que vivia numa "prisão dourada".

Para a amiga de Julie, Bruno Garcia acreditava que o lugar da mulher era em casa, a tratar do lar e das crianças – o casal tinha dois filhos, um de oito e outro de dez anos -, a discussão podia começar com algo tão simples como um copo fora do sítio.

"Ele não queria que ela trabalhasse. Ela só pôde arranjar trabalho quando saiu de casa. Ela dedicou os últimos 10 anos, desde o nascimento do filho mais velho, a eles os três. Toda a sua vida girava em torno deles", referiu a amiga.

Bruno Garcia terá expulsado a mulher de casa várias vezes, durante a relação de 12 anos do casal, a última ordem de saída ocorreu em setembro passado e Julie decidiu não voltar.

Os filhos ficaram com o pai, mas o casal estaria atualmente a negociar um acordo paternal, até que Bruno Garcia surpreendeu Julie com uma arma, perto da casa onde agora vivia.

O homem está agora detido, após ter-se entregado às autoridades, a quem confessou o homicídio.

Partilhar no Facebook
7,367 7.4k Partilhas

Fonte: NaM
Crêdito foto: NaM

Goste/partilhe