Casal é apanhado a fazer sexo num parque - mas a punição do juiz choca todo o tribunal

Ninguém estava preparado para o que o juiz fez.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Michael Cicconetti, é um juiz de Painesville, Ohio, ele é bastante conhecido. Por 21 anos, ele realizou o que chamou de "justiça criativa". Ele acredita firmemente no ditado "olho por olho, dente por dente". Ele até pulverizou os autores de um ataque de spray de pimenta com a sua própria arma no tribunal, para mostrar-lhes como se sente.

Aqui estão as suas piores decisões.

1. Um casal foi surpreendido em pleno acto num parque público. Depois disso, os dois amantes tiveram que limpar todo o parque, incluindo os caixotes do lixo ... apanhar preservativos usados, etc . Além disso, eles tiveram que emitir um pedido público de desculpas no jornal local. 

2. Uma mulher tinha abandonado 35 gatinhos durante o inverno numa floresta. Então, para ela sentir o que eles passaram, ela teve que passar uma noite na floresta, no meio de novembro, sem cobertor, comida, água e tendas. Mas como o tempo estava terrivelmente frio naquele dia, o criativo juiz teve pena e autorizou-a a fazer um pequeno fogo para se aquecer. 

3. Um homem insultou a polícia e chamou-os de “porcos”. Como punição, ele teve que ficar na esquina com um porco de 350 quilos (170 kg) e segurar com uma placa dizendo “Este não é um polícia”. 

4. Um condutor bêbado foi enviado à morgue mais próxima como punição. Enquanto estava lá, ele foi forçado a olhar para os corpos de duas vítimas de um acidente de carro com condutor embriagado. 

5. Uma mulher foi condenada por não pagar por um táxi. A punição? Ela teve que caminhar mais de 30 milhas (48 km), a distância exata que ela viajou no táxi. 

6. Um homem roubou uma caixa de dinheiro do Exército da Salvação destinado a ajudar os sem-abrigo. A sua sentença? Ele teve que passar um dia como sem-abrigo na rua. 

7. Alguns estudantes do ensino secundário foram apanhados a cortar os pneus de um autocarro escolar. Devido à sua ação, uma turma do ensino primário teve que remarcar a sua visita de estudo planejada para o dia seguinte. Os adolescentes culpados foram obrigados a organizar um piquenique para as crianças da escola que tinha sofrido com o ato deles. 

8. Dois adolescentes foram considerados culpados por escreverem 666 numa estátua de Jesus de um presépio local. O julgamento? Eles foram forçados a passear um burro pela cidade enquanto vestidos como Maria e José. 

Segundo Cicconetti, 90% das pessoas que receberam a sua “justiça criativa” não foram novamente presas. Muito bom, certo?

Por favor, partilhe este artigo se você acha que este juiz está a fazer a coisa certa!

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye