Ele morre depois de injetar silicone nos testículos, a mãe culpa os seus 5 namorados

Todos os detalhes no interior.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Na vida, algumas pessoas não tomam necessariamente as boas decisões e às vezes isso tem consequências brutais como este homem cujos testículos explodiram porque ele injetou silicone neles.

É o Daily Mail que relata esta notícia terrível que dará arrepios na espinha a todos os homens que vão ler o que aconteceu a este jovem australiano.

De fato, os testículos deste homem explodiram porque ele injetou silicone neles. O nativo de Melbourne perdeu a vida e é cruel para o seu parceiro, mas especialmente para a sua mãe, que não se consegue recuperar dessa terrível tragédia que a assombrará para o resto da sua vida.

Linda Chapman recebeu a notícia de que o seu filho Jack tinha morrido. Ela não sabia que ele estava doente ou que ele estava no hospital. Ela recebeu a notícia de que o seu filho faleceu um dia depois do fato.

Mas Linda tem uma pessoa que considera responsável pela morte de Jack e esse é o seu parceiro Dylan pelo qual Jack se apaixonou há oito anos atrás.

Linda diz que o seu filho estava numa relação tóxica doentia, onde ele tinha que mudar o seu corpo para mostrar a sua devoção a Dylan. Isso incluia injetar os seus testículos com silicone, algo que acabaria por matá-lo.

O homem tinha 28 anos e chamava-se Jack Chapman, também apelidado de "Pup Tank", ele morreu por causa dos seus testículos que explodiram porque ele injetou demasiado silicone neles.

Você deve estar a morder-se por dentro para saber por que decidiu ele  injetar silicone nos seus testículos? 

Foi só para agradar ao seu parceiro sexual que ele amava explica o Daily Mail. O seu namorado, Dylan Hafertepen, convenceu-o a transformar os seus testículos em verdadeiras bola de beisebol. Como você pode ver em algumas fotos, existem batatas que são mais pequenas que os testículos dele.

O Daily Mail explica que Jack Chapman decidiu mudar-se para Seattle para fazer parte de um clube gay de culturismo que tinha a particularidade de injetar silicone nos testículos para torná-los enormes. 

É Dylan Hafertepen o chefe deste clube com práticas duvidosas e foi ele que o convenceu a usar silicone. O mínimo que podemos dizer é que a sua influência em Jack Chapman foi terrivelmente letal.

Além disso, a mãe de Jack Chapman não deixou de lembrar num vídeo muito comovente que foi por causa dele que o seu filho havia morrido. Ela disse-lhe que o seu filho estava pronto para fazer qualquer coisa para satisfazê-lo e que ele estava pronto para morrer. 

Ela então derrete-se em lágrimas e pode-se ver Dylan Hafertepen completamente atordoado por tal afirmação. Provavelmente acabou de perceber o que as suas ações fizeram. Vamos deixá-lo ver este vídeo comovente abaixo:

Infelizmente, o Daily Mail afirma que Jack Chapman não é o único discípulo de Dylan Hafertepen e que são uma dúzia a fazer exatamente a mesma coisa e, assim, injetar silicone nos testículos tudo isso pondo em risco as suas vidas e, claro, tuudo para agradar ao "mestre" deles.

Uma história que é terrivelmente arrepiante e que devemos admitir que nos repugna fortemente. Nós não recomendamos nada que você imite essas práticas que, como você pode ver, podem levá-lo a um destino trágico e estamos convencidos de que esta não é a maneira que você quer terminar.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye