Encontrada Jovem portuguesa desaparecida na Suíça há cinco dias

Jovem tem um ligeiro atraso cognitivo.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Uma jovem mulher portuguesa de 22 anos desapareceu no dia 17 de outubro, em Neuchâtel, na Suíça. 

A polícia local chegou mesmo a lançar um pedido de ajuda nas redes sociais para localizar a jovem.

Cláudia Faustino saiu de casa, na localidade de Le Locle, pelas 07:30 da manhã da última quinta-feira, e só foi vista hoje de manhã.

No alerta lançado pela polícia, Cláudia é descrita como uma jovem que “sofre de um ligeiro atraso cognitivo e é psicologicamente frágil”.

“Ela fala português e exprime-se mal em francês”, reforçam as autoridades.

A mãe da jovem, Paula Farias, também fez um desabafo no Facebook.

Entretanto ela foi encontrada hoje em França e está "bem de saúde", anunciou hoje a polícia de Neuchâtel.

A jovem foi encontrada hoje de manhã na cidade de Pontarlier, França, a mais de 50 quilómetros da cidade onde vive, graça a testemunhos transmitidos à Polícia Judiciária que ajudaram a localizá-la.

As autoridades alegam que a jovem se encontra bem de saúde e agradecem a todos quantos partilharam o aviso de desaparecimento nas redes sociais.

Cláudia Faustino tinha desaparecido na passada quinta-feira, em Neuchâtel, na Suíça, quando saiu de casa pelas 07:30 e nunca mais voltou a ser vista.

As autoridades lançaram um apelo nas redes sociais para ajudar a localizar a jovem.

No alerta da polícia local, a jovem tinha sido descrita como sofrendo "de um ligeiro atraso cognitivo" e como sendo "psicologicamente frágil".

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: TVI · Crédito foto: TVI