Homem abandona o seu cão nas montanhas e é atacado nas redes sociais

Os internautas julgaram-no rapidamente depois de ouvir a sua história.

Partilhar no Facebook
978 978 Partilhas

Paul Finnegan foi atacado com mensagens de ódio após ter abandonado a sua cadela de 12 anos, Meg, nas montanhas, domingo.

O homem de Shotts, na Escócia, estava numa caminhada com a sua cadela até que as suas pernas não conseguiram passar para além dos 3074 metros de altitude.

A cadela colapsou. Paul Finnegan tentou levá-la, de acordo com a família, mas teve de a deixar na montanha.

A decisão partiu-lhe o coração, mas teve de o fazer para sobreviver.

Contudo, a decisão de Paul não foi bem aceite pela internet.

“Completo idiota”, “merda sem coração”, “cabeça de nabo” os insultos são imensos desde que a história chegou ao público.

“Se alguém o conhecer, por favor, informe-lhe do quão mau ele é. Ele não merece ter o amor de um cão”, escreveu um utilizador.

“Sempre que leio algo sobre esta história, fico mais zangado com o dono. O pobre cão nunca o teria abandonado se ele estivesse ferido. Ele devia ser processado por abandono e negligência”, escreveu outro.

“Foi um ato de pura crueldade. É contra a lei deixar qualquer animal a sofrer, apenas um cobarde faria algo assim”, acrescenta um terceiro utilizador.

Cinco dias após ter abandonado o cão, Paul continuou à sua procura com a ajuda de voluntários.

A família e os amigos de Paul tentaram defendê-lo nas redes sociais.

O chefe da equipa de socorro, Andy Ravenhill, tentou também acalmar a internet.

“Não foi a escolha certa nem a escolha errada. Ninguém consegue dizer o que realmente faria numa situação assim, até passarem por algo assim. Foi uma decisão muito difícil de tomar e ele terá de viver com isto para sempre”, declarou ele. 

Partilhar no Facebook
978 978 Partilhas

Fonte: ayoyemonde · Crédito foto: ayoyemonde