Homem amarra uma corda ao pescoço da ex-esposa e a arrasta-a durante vários quilómetros, amarrada ao carro

Ele atingiu-a na cabeça com o punho de um machado. Depois amarrou-a pelo pescoço ao carro.

Partilhar no Facebook
307 307 Partilhas

Nurettin B., um alemão de 28 anos, amarrou uma corda ao pescoço da ex-esposa e arrastou-a pelas ruas do seu município, presa ao carro, enquanto o filho de 2 anos estavo sentado atrás em novembro passado.

Nurettin B. e Kader K. eram um casal turco com raízes curdas. Eles casaram-se numa cerimónia islâmica em março de 2013. O filho nasceu em janeiro de 2014 e eles se separaram em maio de 2015.

Durante o relacionamento, Nurettin era frequentemente violento. Ele bateu em Kader violentamente várias vezes.

Sempre que falavam era sempre tenso, especialmente quando falaram sobre a custódia do filho de 2 anos, Cudi, ou a pensão alimentícia que Nurettin deveria pagar.

"Um de vocês dois morrerá em breve", teria dito o homem pouco antes do seu ataque. 

Nurettin esfaqueou Kader perto do coração. Ele atingiu-a na cabeça com o punho de um machado. Então ele amarrou-a pelo pescoço ao carro.

Kader foi arrastada pelo asfalto enquanto Nurettin conduzia o seu VW Passat. Cudi observou a cena aos gritos.

Kader ficou gravemente ferida. Ela só conseguiu sobreviver porque a corda rebentou. Passantes apressaram-se a ajudá-la depois.

No hospital, ela esteve em coma durante várias semanas. É um milagre ela ter sobrevivido! Ela terá sequelas para o resto da sua vida.

No tribunal, Nurettin disse que estava arrependido olhando para a sua ex-esposa. Mas Kader recusou-se a ouvi-lo, cobrindo as orelhas com as mãos e evitando os olhares dele.

Nurettin foi condenado e condenado a 14 anos de prisão. Ele também terá que pagar uma compensação monetária à sua ex-esposa.

Partilhar no Facebook
307 307 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye