Jovem mulher convida homem sem-abrigo para comer - então ele dá-lhe um bilhete que muda tudo

Às vezes, as suas ações podem fazer mais diferença do que você poderia imaginar.

Partilhar no Facebook
1,475 1.5k Partilhas

Jovem mulher convida homem sem-abrigo para comer - então ele dá-lhe um bilhete que muda tudo

É difícil, se não impossível, acreditar que alguém é sem-abrigo por opção. E, no entanto, a grande maioria de nós olha para os sem-abrigos com desgosto.

Não é o caso de Casey Fischer embora. Não, ela tem uma abordagem ligeiramente diferente.

Um dia, ela passou por um homem sem-abrigo tentando pedir esmola na rua.

Um pouco mais tarde, aquele homem entrou no mesmo Dunkin'Donuts em que ela estava sentada. Ficou claro que ele só tinha conseguido juntar um dólar. 

Casey ofereceu-se para comprar um café e um bagel ao homem. Embora o homem estivesse relutante em aceitar, ele acabou por aceitar a oferta.

Então Casey perguntou ao homem se ele queria juntar-se a ela na sua mesa.

O homem, cujo nome é Chris, ficou totalmente chocado. Eventualmente, no entanto, ele juntou-se a ela na sua mesa.

Ele disse a Casey sobre como as pessoas geralmente o desprezavam simplesmente porque ele é sem-abrigo.

Ele também reconheceu que foram as drogas que o colocaram nesse estado lastimável, e que ele se odiava por isso. 

Chris ainda nutria sonhos de se tornar um filho de quem a sua mãe se poderia orgulhar. Ela havia morrido de cancro há muito tempo, mas ainda era uma ambição sua fazer o bem em seu nome.

Casey e Chris conversaram durante mais de uma hora antes de Casey perceber que ela tinha que voltar para a escola. O tempo voara e a sua aula estava prestes a começar.

Assim que Casey se levantou, Chris pediu-lhe que esperasse alguns segundos enquanto ele escrevia algo num velho e enrugado pedaço de papel. Ele deslizou o pedaço de papel até à mão dela e pediu desculpas pela sua caligrafia feia. Então os dois seguiram o respetivo caminho e separarm-se.

Quando Casey desdobrou o papel, ela percebeu que tinha feito algo muito mais importante do que alimentar um sem-abrigo.

O pedaço de papel:

Escrito na nota de Chris, estava simplesmente o seguinte: “Eu queria matar-me hoje. Por sua causa, agora já não o quero fazer. Obrigado, linda pessoa.

Às vezes, um gesto pensativo, uma seleção de palavras gentis ou mesmo algo básico como um sorriso pode fazer mais diferença, muito mais do que você imagina.

Lembre-se que na próxima vez que você encontrar alguém que olha para baixo, ou que não se esteja a sentir tão bem quanto você, lembre-se que você não tem ideia do que se está a passar na vida deles. Mas uma coisa é certa, todos nesta vida são igualmente dignos de amor e compaixão.

Nem todos podem dizer com orgulho que salvaram a vida dos seus semelhantes, mas Casey realmente pode!

Casey partilhou o sucedido na sua página no Facebook. Leia o que ela escreveu aqui:

“Hoje eu estava a caminho da Universidade quando vi um mendigo cantando na calçada, contando moedas. Eu o observei enquanto ele entrava numa café da rede Dunkin’ Donuts. Ele estava contando as moedas para comprar algo. Não sei porque, mas eu comecei a importuná-lo, falando com ele sem parar, mesmo percebendo que ele não estava querendo muita conversa. Como ele só tinha um dólar no bolso, eu paguei-lhe um café e um sanduíche e pedi que ele se sentasse ao meu lado. Neste momento, ele começou a contar-me como as pessoas em geral o tratavam mal porque ele era mendigo. Ele disse-me que as drogas o tinham transformado em alguém que ele não queria ser. Falou também que sua mãe morreu de cancro e que ele nunca tinha conhecido o seu pai. O seu desejo era de se tornar alguém no qual a sua mãe se orgulhasse. (Ele também contou muitas outras coisas que valeriam horas de conversa).

Este homem adorável chama-se Chris e ele é uma das pessoas mais honestas e sinceras que eu já conheci até hoje. Após perceber que eu estava atrasada para a aula e avisá-lo de que eu iria seguir meu caminho, Chris pediu que eu esperasse mais um minuto. Ele queria me escrever algo. Quando terminou, ele me entregou um pedacinho de papel, pedindo desculpas pela letra feia. Ele então sorriu e foi embora. Quando eu abri o bilhetinho, eu encontrei estas palavras: “Eu tinha o plano de me suicidar hoje. Porém, por causa de você, eu mudei de ideia. Obrigada, pessoa bonita.”

Partilhe este artigo com os seus amigos no Facebook se você acha que devemos preocupar-nos mais com os outros! Espalhe a alegria hoje!

____

Se estiver interessado nas últimas noticias sobre a atualidade, sobre famosos, comédia, animais, lifestyle ou sobre noticias viriais, siga-nos na nossa página no facebook Vamos lá Portugal.

Não hesite em deixar a sua opinião sobre a publicação. 

Partilhar no Facebook
1,475 1.5k Partilhas

Fonte: Newsner · Crédito foto: Newsner