Policias filmados a arrastar um cão fora do veículo, a explicação deles não convenceu ninguém.

Todos os detalhes no interior...

Partilhar no Facebook
804 804 Partilhas

Polícias viram-se na mira dos internautas depois de serem filmados a "passear" um cão do lado de fora do veículo deles.

O vídeo altamente controverso foi filmado no distrito de Jiangning, uma área de Nanjing, capital da província de Jiangsu, no leste da China.

No vídeo, podemos ver os policias de Jiangning dentro do veículo em movimento, enquanto o cão caminha amarrado por uma trela do lado de fora do carro.

Após numerosas críticas, a polícia tentou explicar o sucedido afirmando que eles não tinham uma gaiola para esse fim.

O cão vadio tinha sido capturad pela polícia e, portanto, "condenado" a caminhar do lado de fora do carro enquanto a polícia circulava a um ritmo supostamente razoável.

No entanto, quando olhamos para as imagens filmadas, percebemos que o carro parece mover-se a uma velocidade considerável, porque, obviamente, o animal se esforça imenso para manter o ritmo enquanto caminha no asfalto.

Assim que o vídeo fez a sua aparição, a polícia teve que enfrentar uma enxurrada de críticas de internautas que ficaram indignados com essas imagens.

Essas críticas não serão ignoradas, pois chefes da delegacia de Jiangning apressaram-se a emitir um pedido público de desculpas por isso.

Segundo a polícia, foi depois do relato de um cidadão sobre um cão vadio que a polícia teve que intervir rapidamente. O homem que contatou a polícia disse que estava preocupado com a segurança dos moradores locais.

Os policias tiveram que capturar o animal, apesar de não terem uma gaiola para transportar animais no veículo de serviço.

Diante de tal obstáculo, a polícia diz que não teve opção.

A polícia também quis dar a conhecer que preferiria oferecer um melhor tratamento ao animal, mas tiveram que improvisar de acordo com as circunstâncias do momento.

Por sua parte, o grupo de bem-estar animal Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais (PETA) postou uma mensagem nas redes sociais para condenar as práticas da China em relação aos animais vadios. A associação, no entanto, elogiou o fato de que o animal foio transferido para um lar seguro, onde pode beneficiar do cuidado e amor do seu novo dono.

Partilhar no Facebook
804 804 Partilhas

Fonte: UniLAD · Crédito foto: Courtoisie