Notícias : PPP Rodoviárias: vamos pagar cinco vezes mais o valor real dos ativos em 2019
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

PPP Rodoviárias: vamos pagar cinco vezes mais o valor real dos ativos em 2019

Isto faz sentido?

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Ouve-se muitas vezes falar nas PPP como uma das coisas mais ruinosas de Portugal. Mas Paulo de Morais publicou há pouco tempo no seu Facebook alguns números.

E os números são assustadores.

“PS, PSD e CDS porque têm culpas no cartório, PCP e Bloco porque se tornaram cúmplices nos últimos anos deste crime. São afinal, todos culpados.”

É nestes moldes que Paulo de Morais inicia o seu discurso nas redes sociais, dizendo logo de seguida o famoso ditado popular “È tão ladrão o que fica à porta, como o que vai à horta”.

Em 2019, diz Paulo de Morais, o Estado Português terá que pagar um valor de “1 518 000 000 (mil quinhentos e dezoito milhões de euros) em rendas de PPP Rodoviárias, por um património que vale 337 milhões (valor de renda em função de valor calculado pelo Eurostat-UE)”.

Ou seja, embora o valor seja menor, vamos dar um valor muito maior por algo que não vale este dinheiro. Faz sentido para ti?

Paulo de Morais termina dizendo que “o pagamento reflecte um custo CINCO VEZES MAIS do que valem os activos; representa um desperdício anual de quase mil e duzentos milhões de euros. Em todo o período de maturidade dos contratos, o Estado irá esbanjar cerca de doze mil milhões de euros! (convido os seguidores desta página que são militantes partidários a esclarecerem(-se) sobre o que irão propôr os seus partidos nesta matéria)”.

Com as eleições à porta, o post tornou-se bastante popular, chegando a ter mais de 500 partilhas e 100 comentários:

Recorde-se que em 2018 Paulo de Morais entregou no Parlamento um mecanismo legal para solicitar a extinção destas PPP e que está disponível neste link.

Podes ainda ver o vídeo que foi gravado na altura aqui:

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Tugaleaks
Crêdito foto: Tugaleaks

Goste/partilhe