Notícias : Uma mãe esfaqueia até à morte o seu bebé recém-nascido com uma tesoura.
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Uma mãe esfaqueia até à morte o seu bebé recém-nascido com uma tesoura.

Uma mãe monstruosa.

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
910 910 Partilhas

Uma mãe que já estava a cumprit uma sentença de prisão pelo assassinato do seu bebé foi considerada culpada pela segunda vez após o apelo do seu primeiro veredicto.

A mulher de 28 anos de idade, chamada Rachel Tunstill, já havia sido considerada culpada pelo assassinato da pequena Mia Kelly, que ela tinha morto na casa-de-banho logo após o parto, em janeiro de 2017.

A mãe então pôs o corpo de seu bebé num saco de lixo antes de ir ver televisão com o seu parceiro.

Foi em junho de 2017 que Tunstill foi considerada culpada por matar a pequena Mia Kelly, mas o seu veredicto de culpada foi alvo de apelação.

Nas últimas sete semanas, um novo julgamento foi realizado e o juiz disse pela segunda vez que a mãe era culpada do assassinato de seu bebé. 

A mãe deve ser condenada nos próximos dias e, enquanto já cumpria uma sentença de 20 anos, há uma boa chance de que desta vez ela seja sentenciada à prisão perpétua.

O assassinato da pequena Mia Kelly ocorreu no dia 14 de janeiro de 2017 na casa-de-banho da residência da mãe em Burnley.

A mãe explicou ao parceiro que ela teve um aborto espontâneo e, apesar do fato do seu parceiro sugerir que ela fosse ao médico, a mulher explicou que podia resolver tudo sozinha.

A investigação policial revelou que a mãe tinha esfaqueado o seu bebé 15 vezes com uma tesoura.

Policias encontraram o cadáver do bebé no lixo da cozinha. O corpo foi embrulhado num saco plástico.

Os policias que participaram da investigação declararam que esse era o caso mais sórdido que tiveram que enfrentar nos últimos anos.

Partilhar no Facebook
910 910 Partilhas

Fonte: Ayoye
Crêdito foto: Ayoye

Goste/partilhe