Uma mãe mata o seu bebé, fazendo-a beber vodka porque ela queria festejar em paz.

É horrível.

Partilhar no Facebook
4,421 4.4k Partilhas

Em Shebekino, na Rússia, um bebé que estava lutar pela vida contra uma infecção viral morreu depois que da mãe se recusar a ficar no hospital para tratamento e depois lhe ter dado vodka para acalmá-lo e permitir que ela festejasse em paz.

A mãe chamada Nadezhda Yarych, deu vodka para ao seu bebé Zakhar para que ele adormecesse rapidamente.

A criança com apenas 8 meses de idade morreu nas horas seguintes. 

Nos dias anteriores, a criança esteve muito doente e a mãe teve que levá-la ao hospital.

Os médicos então descobriram que o bebé estava a sofrer de uma infecção viral e por isso pediram que a mãe guardasse o pequeno Zakhar no hospital durante a noite para cuidar bem dele. 

No entanto, a mãe teria insistido em levar o bebé para casa enquanto repetia aos médicos que ela cuidaria bem dele.

Após a morte do bebé, membros da família de Yarych revelaram que a mãe havia decidido levar o bebé para casa, já que ela não pretendia passar as férias no hospital. 

Segundo várias fontes, a mãe teria dado a vodka ao bebé várias vezes quando recebia amigos que vinha festejar com ela. Yarych alegou que a vodka fazia o seu bebé dormir melhor e mais profundo.

Zakhar morreu no dia 5 de janeiro e a autópsia confirmou que ele morreu como resultado de uma infecção viral.

A polícia disse que a mãe esté sob investigação policial, assim como o seu marido, Mikhail Yarych, que testemunhou a situação sem intervir. 

As autoridades não deram mais detalhes sobre a investigação que deve continuar nos próximos dias.

Até agora, a polícia ainda não fez nenhuma detenção.

Partilhar no Facebook
4,421 4.4k Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye