Notícias : Uma menina de 6 anos é humilhada na cantina da escola porque lhe faltavam $ 2,25 para a refeição.
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Uma menina de 6 anos é humilhada na cantina da escola porque lhe faltavam $ 2,25 para a refeição.

Todos os detalhes no interior ...

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
250 250 Partilhas

Um avô decidiu denunciar a situação enfrentada pela sua neta, quando ela foi humilhada na frente dos seus colegas no refeitório da escola.

Como o avô de Anya explicou, ela estava na fila do refeitório como em qualquer outro dia, esperando para comer a sua refeição quente. Ela foi então informada que não tinha dinheiro suficiente no seu banco de crédito. Assim, a menina teve que se apresentar em outra fila, onde receberia uma sanduíche e leite, por não poder comer a sua refeição quente.

De acordo com o avô, a pequena Anya sentiu-se humilhada quando os outros alunos se riram dela porque ela não tinha dinheiro suficiente, uma refeição quente no refeitório custa $2,25.

Cada criança tem um banco de crédito e Anya descobriu que restam apenas 10 centavos na sua conta, ela não foi informada que o crédito estava a acabar como era normal.

Além disso, a escola até tinha um programa de assistência de emergencia a crianças cujas contas estavam sem fundos, permitindo um crédito de duas refeições.

No entanto, no dia em que Anya ficou sem fundos, ela descobriu que o programa já não estava mais em vigor. 

O avô de Anya está convencido de que essa abordagem encoraja o bullying, já que as crianças na escola são divididas em duas refeições. Há crianças "privilegiadas" que podem comer refeições quentes, enquanto há crianças que só podem comer sanduíches e são gozadas pelo outro grupo.

Finalmente, a escola frequentada por Anya defende-se, explicando que a equipe da lanchonete sempre se certifica de fazer as coisas da maneira mais discreta, enquanto enfatiza que o incidente relacionado a Anya foi excepcção.

Partilhar no Facebook
250 250 Partilhas

Fonte: Ayoye
Crêdito foto: Ayoye

Goste/partilhe