Uma menina de dois anos é imersa em água a ferver pela avó adotiva que a queria punir

Todos os detalhes no interior.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Uma criança no Tennessee pode perder um pé depois de ser imersa em água a ferver por um membro da família.

A menina de 2 anos chamada Kaylee Robinson estava a ser cuidada pela avó adotiva, Jennifer Vaughn, na sua casa em Chattanooga, quando o incidente ocorreu no dia 11 de agosto.

A mãe de Brittany Smith disse a jornalistas da ABC 2 que Vaughn admitiu ter mergulhado a criança em água a ferver porque ela teve um dia muito mau. 

Vaughn está agora a enfrentat acusações criminais e está a ser detida em troca de uma fiança de US $ 150.000.

A mãe da menina revelou fotos do pé gravemente queimado de Kaylee e as mesmas fotos foram usadas pelas autoridades para demonstrar os danos causados pelo incidente. 

De acordo com o detetive Rocky Potter, os ferimentos sofridos por Kaylee literalmente perturbaram o policia, que disse nunca ter visto queimaduras tão intensas anteriormente.

De acordo com Potter, a equipa do hospital de Kaylee descreveu as suas queimaduras como "meias queimadas", já que a cor das bolhas no seu pé é igual às meias cor-de-rosa. 

9 dias após o incidente, a mãe de Kaylee ainda está muito preocupada, porque, segundo ela, apesar dos tratamentos, as queimaduras da sua filha parecem não querer cicatrizar. 

Kaylee vai precisar de um enxerto de pele que deve ser retirado de um dos seus quadris, mas o que mais preocupa os especialistas é que uma infecção irá ocorrer e assim eles não terão escolha a não ser amputar o pé. 

Vamos esperar agora para a pequena Kaylee que o vento tome outro rumo nos próximos dias e que as suas feridas acabem por se curar, porque essa menina realmente não merece perder um pé pela impaciência da sua sua avó.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye