Notícias : Uma mulher de 69 anos morre depois de uma festa de sexo selvagem que durou horas com o marido.
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Uma mulher de 69 anos morre depois de uma festa de sexo selvagem que durou horas com o marido.

Sim, você leu bem.

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
461 461 Partilhas

Esta é provavelmente uma das notícias mais incomuns do dia, pois nunca ouvimos falar de uma coisa dessas: uma mulher de 69 anos morreu depois de fazer amor enquanto consumia metanfetamina com o marido. Um fim de vida brutal.

É o site de notícias e entretenimento britânico Daily Mail que relata esta notícia que despertará certamente a curiosidade de muitos de vocês. uma história fora do comum. Nos Estados Unidos, na região de Minnesota, uma mulher de 69 anos morreu depois de fazer amor usando drogas, , metanfetaminas, com o seu marido de 58 anos. A senhora em questão estava no fim de vida e o marido deliberadamente a levou para fora do centro médico onde residia para terminar a sua vida em grande estilo.

Assim, eles decidiram usar a metanfetamina, que segundo a Wikipedia é "uma droga que pode causar pressão alta, taquicardia e estimulação mental intensa". Não admira que o casal começasse a dançar freneticamente metal antes de fazer amor como selvagens. A vontade desta mulher era morrer em sua casa e não num centro médico. Pode-se entender facilmente, quem não gostaria de passar os seus últimos momentos na casa onde você tem todas as suas memórias?

Por enquanto, a causa exata da morte desta mulher não é conhecida, explica o Daily Mail. Obviamente, tomar Crystal Meth é algo, mas não sabemos ose foi isso que a matou. A meios de comunicação britânicos relatam, no entanto, que a mulher teve várias convulsões antes de morrer. Então, podemos supor que foi um ataque cardíaco, mesmo que não o possamos dizer com toda a certeza no momento.

O marido, enquanto isso, é acusado de negligência por deixar a sua esposa morrer diante dos seus olhos, diz o Daily Mail. Embora ele tenha explicado às autoridades que era o desejo da sua esposa era morrer em casa, uma investigação ainda estava aberta para esclarecer o caso.

Partilhar no Facebook
461 461 Partilhas

Fonte: Ayoye
Crêdito foto: Ayoye

Goste/partilhe