Uma senhora morre congelada no lar de idosos porque não tinha aquecimento há 3 semanas

Uma história terrivelmente triste.

Partilhar no Facebook
2,455 2.5k Partilhas

Esta é uma verdadeira tragédia que teve lugar n um lar de idosos Inglês há pouco tempo atrás, uma senhora morreu congelada no seu lar de idosos que não tinha aquecimento há 3 semanas. Um verdadeiro escândalo que indignou o país inteiro.

É o jornal britânico Metro News que relata esta notícia totalmente evitável, mas que inevitavelmente preocupa os que têm familiares a morar em lares de idosos. De fato, na cidade de Holt, na Inglaterra, uma senhora idosa morreu congelada porque não tinha aquecimento há três semanas. Como você pode imaginar, esta história criou um verdadeiro escândalo em todo o país e levanta a questão do tratamento dos idosos neste tipo de instituição.

Metro News revela que a senhora em questão se chamava Doreen Osborne e tinha 95 anos. Esta última foi encontrada num estado de hipotermia grave. Segundo a Wikipedia, "a hipotermia é uma situação acidental e anormal onde a queda na temperatura central de uma homeotérmica de sangue quente não permite mais fornecer funções vitais adequadamente". Em outras palavras, ela estava tão fria que não se conseguia mexer ou fazer nada.

Ainda de acordo com o Metro News, o jornal explica que se passaram três semanas desde que o aquecimento tinha funcionando pela última vez nesse lar e a equipa encontrou uma solução de último recurso com mini-aquecedores individuais temporários, mas isso aparentemente não funcionou porque Doreen Osborne se viu em hipotermia. Ela não foi a única moradora que sofreu com o frio. Os ajudantes notaram até mesmo ao chegar que estava estranhamente frio no estabelecimento. Doreen Osborne morreu pouco depois de ser levada para o hospital.

Entendemos que três semanas sem aquecimento no meio do inverno em Inglaterra e aos 95 anos, não é a receita para viver uma vida pacífica. De fato, a filha de Doreen Osborne disse ao Metro News que a sua mãe lhe disse que ela não aguentava mais a situação e que ela andava constipada constantemente por causa do frio. A pior coisa de tudo isto, a parte da morte, é que ela pagava cerca de 80'0euros por mês para viver no lar, uma verdadeira vergonha.

Partilhar no Facebook
2,455 2.5k Partilhas

Fonte: Metro UK · Crédito foto: Metro UK